Renda extra com Google Adsense

Como sair das dívidas

Renda extra com Google Adsense

 

Ola meus caros leitores.

Você está olhando neste exato momento pro resultado do que vou falar neste artigo.

A dois meses atrás, diante da necessidade de conseguir uma “graninha” a mais, comecei uma pesquisa, usando o tio Google, pra saber como isso seria possível. Vi muitos casos, mas um assunto me chamou a atenção.

Muita gente falava sobre um tal de Google AdSense. Mas o que é isso?

Em resumo, o AdSense é um programa que recompensa o site ou blog (como este que você está) quando um visitante (como você) clica em um de seus anúncios.

Achei a ideia muito boa e até fácil de ser implantada. Me enganei redondamente. A ideia é boa, mas está longe de ser fácil.

Decidi ir mais a fundo. Achei uma pessoa que pra mim foi uma referência, o Jonathan Taioba. Longe de mim querer vender o nome dele. Só estou contando como aconteceu minha descoberta. Pois bem, ele vendia o curso “Segredos do AdSense 3.0”. Comprei e pagarei R$ 336,72.

Mas é preciso comprar um curso pra aprender sobre este assunto? A resposta é não. A questão é que o assunto é tão concorrido e temos tanta informação que, na minha opinião, comprar o curso foi uma forma de resumir o assunto. A escolha é de vocês.

Nesse momento cabe um ressalva. Meu objetivo inicial com o blog era só ganhar dinheiro. Mas ao poucos essa ideia foi mudando. Primeiro que eu me lembrei que a muito tempo eu gostava de escrever. Depois, partilhar minhas dificuldades e sucessos nas finanças pessoais, usando o blog, passou a ser prazeroso.

Primeiros passos

O primeiro passo é definir um nicho para o seu blog. Entenda nicho com tema central dele. Do que ele vai falar?

Dê preferência a assunto que domina pra  que fique mais fácil produzir conteúdo, que são os artigos (posts).

Pra mim, existem dois tipos de blogs principais. Um é o pessoal e o outro é o profissional. Ambos divulgam informações úteis, mas o profissional tem como objetivo secundário prover renda.

Definido o nicho, você vai precisar contratar um blog.

Existem opções gratuitas, mas eu recomendo as versões pagas. Estas permitem que seu blog tenha nome próprio, como o meu www.diariodeumdevedor.com.br e não seunome.blogspot.com, por exemplo. Além desses motivos, pagar vai fazer você dar prioridade ao assunto sob pena de pagar uma coisa a toa.

Leitor, agora é estudar. Pesquise por dicas de como deve ser a aparência do seu blog, veja outros que escrevem no mesmo nicho, aprenda técnicas de como é melhor escrever, etc. Enfim, dedique tempo e aprenda.

Alimentando a cria

Blog no ar, as ideias vão surgindo e você direciona tudo isso pros artigos.

Em um primeiro momento, a tela branca e o “risquinho” piscando assustam. Pensei várias vezes em desistir, mas tive a paciência de deixar as coisas acontecerem. Agora, está mais fácil. Mas acho que só quando eu começar a receber comentários de vocês é que vou ter uma ideia da qualidade ou não das informações aqui apresentadas.

Aqui vale uma dica; crie uma rotina pra escrever e se fixe nela. A regularidade vai dizer ao seu leitor que ele pode voltar sempre que haverá novidades.

Inscrição no Google AdSense

Estou fazendo algo bem por cima neste artigo. Faço isso por que existe muito material disponível no google. Mas se por alguma razão vocês quiserem que eu faço uma matéria super detalhada, me escrevam que, conforme a demanda, eu faço com o maior prazer.

A inscrição para o google adsense por ser feita neste link. Lá você vai encontrar mais explicações e instruções.

Conclusão

Em minhas pesquisas, eu achei muitos blogs iguais aos meus. Muitos até melhores e maiores em quantidade de material. Você pode ficar decepcionado e pensar em desistir. Não faça isso. Apenas mude o foco.  Explico… Quando escrever, pense em dar o melhor de si pra você mesmo e pros seus leitores. Se organize para não comprometer outras áreas da sua vida e siga em frente. Persista. O lucro virá, fruto de um trabalho feito com suor e paixão.

Obrigado pela leitura.

Adriano

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *